26 de dezembro de 2013

Sugestão de hotel em Paris: Novotel Pont de Sèvres


Este hotel não fica propriamente em Paris. Mas fica bem pertinho. Explicando: considera-se Paris a área que fica dentro do Boulevard Périphérique, o anel rodoviário que circunda a capital francesa. É um ''rodoanel”,como o que os paulistas tentam há anos concluir. Este Novotel* está localizado na comunidade de Sèvres, que fica imediatamente próxima a Paris. Está situado um pouquinho para lá do Périphérique, o que, na prática, não faz nenhuma diferença, pois Paris fica a apenas alguns passos de distância.
O Novotel Pont de Sèvres está integrado a um grande conjunto arquitetônico e muito bem situado em frente a uma grande área verde, o Parc Saint-Coud, onde situa-se a Manufatura Nacional de Sèvres - sim, a “fábrica” da famosa porcelana. O hotel tem estacionamento para automóveis e fica razoavelmente próximo da estação de metrô Pont de Sèvres. Uma curiosidade: se, quando você atravessar o Sena, depois de cruzar o Périphérique, olhar para a direita, verá uma ilha no rio com o aspecto de terra arrasada em um princípio de reurbanização. Esta ilha, a Íle de Seguin , foi inteiramente ocupada até pouco tempo pelas instalações da Renault, já devidamente transferidas para um local mais apropriado nas “afueras” de Paris.
Sèvres fica perto de Boulogne-Billancourt, por muitos anos área de grande concentração de residências de trabalhadores. Isso no tempo em que a cidade era um dos principais centros industriais da França. Mesmo, assim, apesar da desindustrialização da Cidade Luz, a região ainda se configura como a maior área em teremos de concentração urbana da Grande Paris, afora apenas a própria Capital.
Cruzando o Sena, e seguindo pela Av. du Gen. Leclerc, você também vai chegar a uma parte de Paris onde há comércio variado (lojas, restaurantes, bares etc) e até uma loja do Carrefour, onde poderá se abastecer, inclusive de perecíveis, pois o quarto do hotel dispõe de frigobar. 



Quanto ao hotel em si, como ocupa um prédio de construção recente, suas acomodações estavam em “estado de novo” quando me hospedei lá em 2009. São confortáveis, limpíssimas, amplas e arejadas e os móveis são bem novos. No térreo, há armários frigorificados onde se pode comprar refrigerantes e lanches pré-prontos. 
A grande vantagem deste hotel é sua localização, próxima a uma das extremidades da Linha 9 , o que permite acesso fácil a qualquer ponto da cidade através das interligações do outras linhas do metrô. Ainda há, nas proximidades, estações da linha RER (trem de subúrbio) e da Linha 2 do Transilien, que vai “costeando” o Périférique por fora até Pont de Bezons, passando por La Defense e Porte de Versailles. (Texto de Lauro Dieckmann)

Endereço: 11-13 Grande Rue, 92310 Sèvres, França
Telefone:+33 1 46 23 20 00

* A rede Novotel pertence ao grupo Accor, o mesmo dos hotéis Ibis, e além de Sèvres tem outras unidades em Paris

Texto e fotos do proprietário do blog

6 de dezembro de 2013

Boas recordações: Ferry Calais-Dover

É uma experiência interessante cruzar o Canal da Mancha de ferryboat. O percurso dura em torno de hora e meia com tempo bom e mar calmo. Quando cruzei, em 2009 e, na ida, precisei esperar que chegasse outro barco, pois o da hora estava estragado. Com o atraso, fiz a travessia na hora do almoço e a refeição a bordo (fisch and ships). Me atrapalhei para encontrar o toillete, pois só encontrava feminino e "gents", que imaginava fosse para o pessoal de bordo, mas era, este, "gents", para os homens. Babaquice à parte, o espetáculo da chegada na Inglaterra, aquelas falésias alvíssimas que são patrimônio da humanidade e serviam de referência para os pilotos da Luftwaffe em direção a Londres durante a II Guerra, são um belo espetáculo natural. Na volta foi tudo tranquilo e sem atraso. As outras idas a London foram por Eurostar ou direto a Heathow. (Texto e fotos do proprietário do Blog)