8 de setembro de 2014

Sugestão de hotel em Paris: Hotel Amadeus - 39 Rue Claude Tillier

Fiquei hospedado neste hotel no início de abril do ano passado (2013). É um hotel de apenas duas estrelas situado perto da Place Nation, com acessos ao metrô razoavelmente próximos (estações Diderot para as linhas 1 e 8 e Nation para as linhas 1, 2, 6 e 9 do metrô e para a linha A do RER (trem rápido para os subúrbios). A variedade de linhas proporciona boa mobilidade por Paris.  
Foi minha segunda experiência com hotel de poucas estrelas em Paris. A outra foi com o Thimhotel Gare de Lyon (mais detalhes sobre este hotel e outros hotéis da rede Thimhotel, clique aqui). Na primeira vez, fiquei hospedado por indicação da CVC. Na segunda, foi eu mesmo que escolhi, com a intenção de confirmar se era mesmo viável se hospedar em Paris num hotel duas estrelas (o outro era três estrelas).
Pois bem, o saldo também foi positivo: o Amadeus é limpo, confortável e atendido por pessoal simpático e prestativo. Fui para lá apreensivo, diante de alguns comentários negativos no saite em que fiz a reserva (ou o Tripadvisor ou o Booking, não membro mais) e que não se confirmaram. 
O hotel é pequeno e simples, situado numa rua estreita, de pouco movimento e onde também está instalado um hotel-residência social, para migrantes africanos que vêm trabalhar em Paris. Há restaurantes e bares nas proximidades, assim como uma das lojas da rede Carrefour (na Rue du Faubourg St. Antoine). É um hotel típico para quem procura preço baixo e condições de hospedagem minimamente aceitáveis. Dá para se hospedar lá sem problemas, desde que as condições tenham se mantido como as de um ano e pouco atrás.
Faltou dizer que os quartos tem frigobar e o hotel oferece café da manhã, café da manhã simples mas completo. 

(Texto e fotos do proprietário do blog, fora o mapa, sem dúvida)
    
Os cômodos são de dimensões razoáveis

As camas são confortáveis

O banheiro é limpo e há aquecimento nos cômodos

A higienização é perfeita

Rue Claude Tillier

Ajudinha com mapa

Para mais informações em inglês e em francês, clique aqui e aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário